E-mail marketing vende? Muito? Como?

É possível vender com e-mail marketing sim.

Mas algumas regras devem ser seguidas para não ficar chato a ponto de seu e-mail ser descadastrado ou virar Spam.

Separamos 6 dicas básicas que você não pode deixar de lado:

#1 Escolha a plataforma ideal

Você não conseguirá personalizar, enviar e controlar muitos e-mails usando apenas sua caixa pessoal.

Por isso, pesquise e escolha uma plataforma adequada.

Avalie e descubra a mais adequada para você, algumas têm um número de contatos free, outras têm período gratuito para uso, outras são em Português, etc.

Mas não deixe de fora de sua pesquisa: Mailchimp, E-Goi, LeadLovers, Zoho, Aweber, ActiveCampaign.

#2 O assunto é fundamental

Gaste boa parte do tempo para definir o assunto.

É pelo assunto que seu lead vai decidir se abre o e-mail ou não. De nada adianta o melhor conteúdo do mundo se seu e-mail nem for aberto.

Então, ele é crucial.

Para defini-lo, use 4 regras:

– seja curto

– ative a curiosidade

– esbanje criatividade

– tenha um sentido de urgência

#3 O texto/conteúdo deve ser objetivo

Em poucas linhas você deve dar o seu recado.

Hoje ninguém tem tempo de ficar a manhã inteira lendo um e-mail.

Cada frase que você escreve deve ser curta e instigar o usuário a ler a frase seguinte.

Se puder incluir alguma foto ou vídeo, pode fazer também.

É como cada capítulo em uma novela na TV, sempre acaba com suspense…

#4 Finalize propondo uma ação

O objetivo básico de todo o e-mail é que o usuário faça algo.

Pode ser algo muito simples como “veja nossa próxima dica semana que vem”, ou “inscreva-se no nosso curso”, ou “compre agora com desconto de 20% usando nosso cupom”.

A ação é importante para medir o engajamento do seu público e a efetividade das campanhas.

#5 Defina a periodicidade com cuidado

Não existe uma regra quanto ao número de e-mails para enviar.

Dependendo do seu público, você pode enviar 1 por semana, 2 por semana ou até diariamente!

Você pode fazer testes e enviar em várias periodicidades até descobrir a mais afetiva (aquela onde todos os e-mails tem uma boa taxa de abertura).

Uma dica para a taxa de abertura é que ela atinja no mínimo algo em torno de 20%.

#6 Avalie a cada campanha o seu resultado

De nada adianta disparar e-mails sem medir o retorno das campanhas. E todas as plataformas permitem facilmente essas verificações.
Preste muita atenção:

– se está havendo muitos descadastramentos

– se os e-mails não estão sendo abertos

– se as ações propostas estão sendo realizadas

Analisando as 3 situações acima, se perceber que o resultado não está bom (lembre da taxa mínima de 20% de abertura), reveja suas campanhas com base nas regras acima!

Ah, e se você gostou, comente ou compartilhe nosso post!

Ficaremos muito felizes!

shadow-ornament
Se deseja aprender o Google Ads do Zero e ficar acima do seu concorrente, inscreva-se em nosso curso Efeito-G: o melhor curso de Google Ads do Brasil.
Se você deseja uma consultoria em vendas online, negócios digitais ou Inteligência de Tráfego, marque um horário gratuitamente para analisarmos seu negócio e ver onde e como podemos lhe ajudar.

Ulisses Giorgi da LucroDigital.Com.Br
Ulisses Giorgi da LucroDigital.Com.Br

Ulisses Giorgi é professor do curso de extensão em Marketing Digital na PUC/RS. Formado em Ciência da Computação pela UFRGS, tem mestrado em Sistemas Distribuídos e Reativos pela mesma instituição. Possui MBA Extension em Negociação e Liderança em Harvard.Cientista de Tráfego, através da Lucro Digital, vem ensinando empreendedores comuns como melhorar a venda de seus produtos e serviços na Internet utilizando Inteligência de Tráfego e liderando consultorias com diversos clientes.

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.