Antes de dar as três dicas para colocar seu e-commerce na primeira página do Google, precisamos fazer duas coisas:

  • Tirar o mito de melhorar SEO em 30 dias
  • Falar sobre SEO para E-Commerce com um pouco mais de cuidado

É mesmo possível colocar seu e-commerce no topo do Google em 30 dias?

Vamos responder isso rapidamente: não! Quem estiver lhe prometendo isso. por favor, coloque em sua lista negra, pois está lhe vendendo uma grande mentira (por isso mesmo não coloquei nenhuma variável temporal no título desse artigo). Para ser bem honesto, existem uma exceção: coisas bizarras ou que não existem sites ainda consolidados. Se você quiser que eu coloque “ovo de ar-condicionado verde” no topo do Google, eu coloco em poucos dias. Mas não garanto que alguém vá fazer essa pesquisa 🙂 Entendeu meu ponto né? Coisas que têm muita procura tendem a ter muitos sites já consolidados no ar e ultrapassá-los mesmo com o melhor planejamento do mundo vai tomar algum tempo. Ufa! Tinha que desmistificar essa lenda de estar no topo do Google em 30 dias porque me incomoda muito isso e a pergunta é muito frequente.

Dito isso, vamos às notícias boas: é certamente possível colocar o site na primeira página e até como #1 no Google com um trabalho organizado. Óbvio que quanto mais concorrido o seu mercado, mais tempo isso vai levar, mas é possível. E outra: qualquer melhora do seu e-commerce no Google faz uma grande diferença. Então se segura que vou te falar três dicas quentíssimas de SEO para sua loja virtual.

O que é SEO

Antes vamos esclarecer rapidamente o que é SEO e como fazer SEO para e-commerce. SEO vem do inglês Search Engine Optimization (otimização dos mecanismos de busca) e nada mais é do que um conjunto de técnicas para fazer qualquer página da Internet (seja e-commerce, blog ou site) fique bem rankeado no Google e em outros buscadores como Bing, etc. O foco é geralmente o Google.

Em termos básicos, a relevância de uma página tem dois grande fatores:

  1. Ter conteúdo relativo aos termos que estão sendo pesquisados (através de texto, imagens e vídeos). Conforme ele é colocado e a densidade que o termo aparece, isso vai ter mais ou menos relevância. Se a termo “produto de emagrecimento” aparece só uma vez em um página ou em um site inteiro, isso pode não significar muita coisa. Agora se o termo “produto de emagrecimento” aparece 1500 vezes no site e em média 3% das palavras da página, aí significa que aquele site e página estão realmente preocupados com o termo.
  2. Ter sido “indicado” por outros sites, quanto mais importante o site que lhe indica, maior o peso da indicação. Vale como uma indicação pessoal. Se o Zé Ninguém indicar você para uma pessoa, ela vai levar em consideração mas até um certo ponto. Já se o Obama lhe indicar para uma pessoa, aí sim praticamente será um atestado de verdade para aquela pessoa.

Simples né? Tem mais fatores, mas trabalhando esses dois fatores você já consegue subir e MUITO! Então, vamos às três dicas de ouro.

Veja esse vídeo que montamos que explica muito bem o que é SEO em 4 minutos.

Partes Principais do SEO

O vídeo deixa claro que existem duas “partes” principais em SEO:

  1. SEO On-Page: que deve ser feito dentro do seu website. Isso inclui conteúdo (palavras-chave utilizadas), links internos (em e-commerce utilizamos muito os produtos relacionados dentro do website), velocidade do website, etc. São coisas que você tem total controle
  2. SEO Off-Page: como o nome indica, é tudo o que é feito fora da página. Geralmente aqui estamos falando de parcerias com outros websites para que eles tenham artigos sobre você (e por isso tenham links para seu website) ou mesmo assessoria de imprensa para que grandes jornais “falem” de você. Quanto mais importante é o website que tem um link seu perante o Google, mais você subirá nas pesquisas orgânicas.

Três Dicas Para Melhorar o SEO do Seu E-Commerce

Pronto, agora vamos para as três estratégias de SEO para seu e-commerce.

1 – Estratégia de SEO para e-commerce

SEO para E-Commerce: Categoria Rainha e Produto Rei

Comecei a jogar xadrez com 6 anos de idade. Aos 7 achava que jogava bem, tanto que ganhava de muitos adultos. Mas quando comecei a jogar em campeonatos sérios, a coisa mudou de figura, pois comecei a me deparar com quem entendia de estratégia mais profundamente e não só de tática.

Tática no Xadrez é como se consegue movimentar as peças em um curto espaço de tempo da melhor forma possível. Encontrar xeque-mate em 3 lances geralmente é muito mais tático que estratégico, muitas vezes puramente tático. A estratégia cuida de coisas de mais longo prazo, como por exemplo movimentar as peças para ter um jogo aberto e centralizado, aumentando o valor de cada peça.

Sabe quando me tornei um jogador com um rating respeitável? Somente quando parei de olhar só tática e comecei a estudar estratégia a fundo.

Porque estou falando de Xadrez em um artigo de SEO? Porque infelizmente quando se fala e ensina SEO por aí, as pessoas geralmente começam pela tática (e muitas vezes só falam disso). O resultado é que a pessoa aprende a onde mexer no site mas nunca alcança bons resultados porque não sabe a estratégia.

Mas o que é estratégia de SEO para e-commerce?

É para tudo, olhar o seu produto e o mercado, e definir as duas coisas abaixo:

  1. Categoria Rainha e Produto Rei: Se você vende muita coisa diferente e é um eCommerce pequeno isso já pode ser um problema. Para ter uma boa qualificação em SEO, você tem que escolher antes de mais nada uma categoria que você vai torná-la base do seu marketing. Lembre-se que você não tem milhões de reais como grandes lojas tipo Americanas.com ou Dafiti. Você precisa focar seus recursos em uma categoria e ser melhor que todo mundo nela. Ainda, dentro dessa categoria você tem que focar em um produto Rei, que você sabe que vende bem (ou se está muito no início que acha que pode vender bem) e torná-lo o produto que vai ser a “cara” do seu e-commerce.
  2. Sua Palavras-Chave Principais: Com base no decidido acima e no ramo da sua loja, você tem que definir quais palavras-chave você quer rankear no Google. O melhor é analisar a concorrência também e o volume que cada palavra-chave acontece, afinal, você quer ser rankeado em palavras que são buscada com bastante frequência.

Acredite, fazendo bem o tema de casa aqui, você já vai estar melhor do que 90% de todos seus concorrentes. Mas tem que levar essa tarefa a sério. Desconfie se conseguir acabar ela em 2 horas. Ela exige pesquisa, dormir em cima da análise para ver se é aquilo mesmo que vai querer e análise. O SEO demora pra arrancar mas quando arranca costuma ter resultados rápidos, então mudar de rumo depois pode ser muito custoso. Defina isso muito bem.

2 – Palavras-Chaves: base do SEO para a Loja Virtual

SEO para E-Commerce: Palavras-Chave

Definida a estratégia, está na hora agora de colocar a mão na massa e passar para a parte tática. Só porque é tática não significa que é simples não. Tem exercícios de mate em 10 no Xadrez complicadíssimos.

Basicamente você tem que:

  1. Usar as palavras-chave principais em todo o seu e-commerce. Se a categoria escolhida foi carrinhos de brinquedo e Hotwheels foi o produto escolhido, coloque essas palavras em todo o seu site, fazendo banners que “somos a melhor loja de Hotwheels do hemisfério sul” ou algo assim. Geralmente as plataforma de e-commerce oferecem uma forma de colocar palavras-chave da sua loja, que vão automaticamente aparecer em todos seus produtos em tags de SEO.
  2. Cadastrar os produtos da forma que as pessoas mais procuram ele. Se você vende calçados de jeans lindíssimos mas muito pouca gente procura por isso dessa forma na Internet, é melhor colocar o nome do seu produto como “alpargata jeans”. Isso é um erro muito frequente em e-commerce. Use Google Trends ou se quiser ir a fundo acompanhe nossas aulas todas as terças-feiras ao vivo (gratuitas).
  3. Ter Links Longos com as palavras-chave que as pessoas procuram. O link (endereço da página) tem um bom peso no SEO. Não cadastre seus produtos como www.xyz.com/produto=193. Isso é horrível e do tempo da minha vó. O certo é cadastrar produto como www.xyz.com/produto-que-vendo, sendo produto-que-vendo o que você sabe que as pessoas mais procuram o produto daquela página. Muitas plataformas de e-commerce ajudam na hora de cadastrar os produtos para que fiquem com o link longo. Fique longe de quem não oferece essa funcionalidade, pois é algo básico.

3 – Inbound Marketing: Melhorando o SEO do seu e-commerce com conteúdo

SEO para E-Commerce: Marketing de Conteúdo

Se você não tem um blog para seu e-commerce, comece agora. Tenha um post por semana que fale sobre os seus produtos. Por exemplo, se você vende produtos de festa, crie artigos de “como planejar uma festa barata”, outra “como fazer a maior festa da sua vida”, outra “como fazer uma festa surpresa que seus filhos vão amar” e por aí vai. Dessa forma, quem procurar por essas festas no Google, vai acabar caindo em você e, por coincidência, os seus posts todos apontam para seu e-commerce :).

Obviamente para isso funcionar, seu blog também tem que seguir exatamente a mesma estratégia definida no ponto (1) acima e as mesmas palavras-chave que você usa no ponto (2) acima. Tudo tem que estar interligado com os mesmos termos. E lembre de colocar títulos em seu blog que usem essas palavras e pense em usar esses termos no mínimo em 3% das palavras do seu artigo. Mas mais importante que isso é que o artigo seja bom e interessante para que a pessoa goste e recomende.

Conclusão

Melhorar o SEO do seu e-commerce e colocá-lo mais acima do Google é perfeitamente possível se você tiver uma estratégia definida e orquestrar os passos bem para implementar a estratégia como falamos acima.

Veja também:

  1. Lições do Site Vakinha: Como se Posicionar Bem No Google
  2. Estudo de Caso da Trend Consórcio: Funil de Vendas

shadow-ornament
Se deseja aprender o Google Ads do Zero e ficar acima do seu concorrente, inscreva-se em nosso curso Efeito-G: o melhor curso de Google Ads do Brasil.
Se você deseja uma consultoria em vendas online, negócios digitais ou Inteligência de Tráfego, marque um horário gratuitamente para analisarmos seu negócio e ver onde e como podemos lhe ajudar.

Ulisses Giorgi da LucroDigital.Com.Br
Ulisses Giorgi da LucroDigital.Com.Br

Ulisses Giorgi é professor do curso de extensão em Marketing Digital na PUC/RS. Formado em Ciência da Computação pela UFRGS, tem mestrado em Sistemas Distribuídos e Reativos pela mesma instituição. Possui MBA Extension em Negociação e Liderança em Harvard.Cientista de Tráfego, através da Lucro Digital, vem ensinando empreendedores comuns como melhorar a venda de seus produtos e serviços na Internet utilizando Inteligência de Tráfego e liderando consultorias com diversos clientes.

Comentários

    3 respostas para "SEO Para E-Commerce: Três dicas para colocá-lo no topo do Google"

Leave a Reply

Your email address will not be published.